COMO FAZER AMIGOS E INFLUENCIAR PESSOAS, LIVROS

Um modo fácil de ser um bom conversador – Parte2 / Princípio4

Bem-vindo ao resumo do livro “Como fazer amigos e influenciar pessoas”.

Tentei extrair o melhor de cada capítulo e inserir comentários que possam contribuir para o fácil entendimento do conteúdo.

PARTE 2 – Seis maneiras de fazer as pessoas gostarem de você.

Seja um bom ouvinte, incentive as pessoas a falarem sobre elas mesmas”.

Ouvir atentamente! Esta é uma característica que você nunca esquece sobre alguém. Eu tinha um chefe assim, e sempre elogiava e ouvia elogios sobre essa qualidade dele, me inspirou a ser assim também, e claro, ser verdadeiramente interessada na outra pessoa, pois no final das contas, é isso que fará a diferença, e que definirá se essa pessoa é mesmo digna ou não.

Mas pensando bem, eu sempre fui uma ótima ouvinte, sempre escutei mais do que falei sobre mim… e eu utilizo isso com os clientes também, muitos deles só querem desabafar, reclamar de algo, enfim… e quando você escuta, esse simples ato já ameniza muita coisa.

Ser um bom ouvinte e incentivar as pessoas a falarem – essa espécie de atenção é uma das mais altas considerações que podemos prestar aos outros.

Muitas pessoas deixam de causar uma boa impressão porque não ouvem atentamente. Caramba, e pensando bem, isso acontece muito! Ficam tão interessadas no que vão dizer que acabam não abrindo os seus ouvidos.

E as pessoas, no geral, não querem conselhos, querem apenas um bom ouvinte. É isso que, frequentemente, todos os clientes irritados querem, bem como o empregado insatisfeito ou um amigo magoado.

Então, para ser uma pessoa interessante, precisamos ser interessados. Faça perguntas em que o outro sinta prazer em responder. Incentive-o a falar sobre si mesmo e sobre os seus assuntos prediletos.

No livro tem uma receitinha de como fazer as pessoas correrem de você: nunca se mostre disposto a ouvir alguém por muito tempo. Fale incessantemente sobre você mesmo. Se tiver uma ideia, enquanto a outra pessoa estiver falando, não espere que ela termine. Ela não é tão interessante como você. Por que gastar seu tempo ouvindo sua tagarelice? Adiante-se logo, interrompendo-a no meio da sentença.

Você conhece alguém assim?

São importunos, importunos intoxicados com o próprio ego! Vamos tomar cuidado para não nos tornarmos um desses! A habilidade de ouvir parece ser mais rara do que qualquer outra boa maneira.

Concorda? Deixe sua opinião nos comentários. 😉

Fonte: Alguns conceitos extraídos do livro “Como fazer amigos e influenciar pessoas”.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s